quinta-feira, 31 de janeiro de 2008

Ser TONTO é fodido...

De tempos a tempos entro no mundo dos Cristianos Ronaldos e das Dianas Chaves em potência. O contacto que tenho com estes espécimes não é assim tão recorrente de modo a que eu tivesse permanentemente uma sensação de urticária pela cara e pescoço abaixo, mas, ainda que esporadicamente, transtorna-me imenso. Mesmo!
Como é que vou colocar a questão de modo a que entendas?
Bem, comecemos pelas Dianas Chaves: são miudas cujo sonho na vida é ter uma pequena participação nos Morangos com Açucar, ser modelo, nem que seja de chinelos, e um dia casar com um Cristiano Ronaldo, mas assim tipo, de Xabregas. Também conta se aparecerem na coluna dedicada ao Hi5 do 24 Horas ou, melhor ainda, se a sua cabeça aparecer numa foto, por detrás de alguém famoso, sempre com a invariável língua de fora e/ou a trombose dos dedos. Glória das glórias também passa por ser barmaid e, um dia, quem sabe, com muito esforço e trabalho duro, ter um balcão só para elas em que possam ser as estrelas, de caneta em riste e shot na boca. A minha experiência com estas pessoas é a de que, geralmente, já experimentaram o sonho da maternidade em idade ainda não legal, e querem sempre tirar o curso de Direito! Ora, porra, aqui tenho de me insurgir... Porque não Medicina?! Assim como assim, vocês não vão tirar nada, e sempre é mais prestigiante do que Direito - acreditem na minha palavra! Tratam toda a gente por baby, amor e AMAM tudo e todos. Qualquer disparate e pufff, lá sai um "AMO-TE" assim como quem diz bolas, ou apre ou coisa da tia! Ahhh, e sim, escrevem coisas tipo: axo k goxto de ti, éx o meu urxinho fofinhuh e quero xer tua amiga pa xempre! Nojooooo!
E, igualmente interessante, os Cristianos Ronaldos: consegue-se topar um à distância pelas calças justas que usa ou a roupa a atirar po beta mas em versão fashion. Porque aqui há uma bipartição, entre os Cristianos suburbanos e os Cristianos inspirados no Beckham. Tanto faz. É tudo o mesmo. Falam de roupa, do que gastaram na última compra, falam só da noite e das várias noites possíveis na cidade, às 7 da tarde começam a mexer os dedos, quais tentáculos, do telemóvel e a mandar vários nomes para as infindáveis guestlist. O seu sonho é ser RP de qualquer barraco, ainda que seja no Cacém. Ou então, se forem uns Cristianos encorpados, seguranças - esse auge da masculinidade! Usam muito bling bling e a cara, geralmente, tem toques de base ou, vá, no mínimo, concealer.

Estás a ver o meu drama? Se calhar não, mas isto tudo aflige-me. Eu consigo ser do mais shallow que há e, with God as my witness, divirto-me milhões sempre que isso acontece. Porque é giro dizer disparates e ser fútil de quando a quando, pelo amor de Deus, não ando a ler a Insustentável Leveza do Ser nem a dissecar Proust, mas... Tudo o que é demais enjoa! E depois de 5 minutos já tenho a cabeça azamboada, tonta e só quero ir para casa.
"Ah, és muito sectarista. Nem tudo tem de ser um génio. Não tens paciência para ninguém a não ser os teus amigos. Isto é gente bem-disposta e com quem me divirto. Elitista!"
Whatever! Serei isso tudo e mais o que quiseres. Mas o social cansa-me tanto. Mais, desgosta-me. Tanta bala perdida no Mundo e penso nisso, honestamente, quando algum deles fala comigo. Tanta bala perdida. Tanta bala perdida!

E, mesmo assim, lá submerjo nesse mundo de vez em quando, armada do meu sorriso social, o acenar da cabeça e o meio sorriso para camuflar que não estou a ouvir um cu do que me dizem, o abrir dos olhos como que a mostrar espanto e entendimento quando estou a roer-me perante as alarvidades que ouço... e, mais importante do que tudo, cheia de boa vontade, sempre a pensar que é desta que mordo a língua e descubro as maravilhas destes seres que pululam o social. Mas não, ainda não, nunca aconteceu... e eu continuo.

Logo, deve ser mesmo porque gosto de ti.

5 comentários:

>> nim disse...

fantástico post. não podia estar mais de acordo contigo. no entanto, ainda há outro tipo de estereótipos que encaixariam na perfeição. mas aí, terias que entrar no mundo das lilis, pituxas, mituxas e outras meretrizes.

gostei muito do que li por aqui, vou adicionar-te aos meus favoritos. até porque... numa kitsch boulevard, there's always room for a misskitsch.

misskitsch disse...

thank you, kind sir.
já estás adicionado também. na verdade, há muito que te lia mas, como frequentemente acontece,não tinha nada de inteligente para dizer... não o disse! ;)

Pancake disse...

Havias de postar isso numa TV Guia ou numa LUX ou numa Flash. M I M O!


E sim, as pituxas e as lilis também enojam, tudo o que é mesquinho e invejoso, e não tem onde cair morto.

(pequeno desabafo)


beijos.

Desvios disse...

XXXXIIIIIIIIIIII!!!! já tens o penim a fazer comentários no teu blog!!!! E eu nada, mas também não se poder ter tudo!!! Ser o maior da minha aldeia e ainda para mais ter o meu blog comentado pelo penim era pedir muito!!! bom texto miuda!!!!

>> nim disse...

a propósito do 'wc ost', o melhor disso tudo aconteceu duas semanas depois, quando me marcaram reportagem com uma das pessoas de quem falo no post. contei-lhe a história e urinou-se a rir. lol

erm... sr ou sra desvios, o que tem o meu comentário de tão especial? lol

normalmente só digo tolices, os meus comentários não são excepções... lol