quinta-feira, 7 de fevereiro de 2008

Boredom is always Counter Revolutionary!



Estas são as maneiras de saber se a tua vida é miserável:





  1. não fazes ideia de que a decoração do lux mudou e quando comentas, ouves um "oh, mas isto está assim faz tempo";


  2. dois copos de qualquer bebida e já estás a dançar o samba qual trambolho despido a abanar as carnes suspensas do Natal, em pleno Carnaval de Torres;


  3. tens mais roupa do que vida social onde a utilizar;


  4. quando compras roupa, imaginas onde a podia usar, o como te divertias... e depois, a roupa novinha fica pendurada no armário até que as traças a comam;


  5. tens umas olheiras tão negras, tão negras, mas TÃO negras que nem quilos de anti-olheiras as escondem, antes lhe dão um tom bem bonito esverdeado;


  6. quando pensas em fazer... tu sabes... FIU-FIU... dá-te logo uma canseira só de pensar que só vais conseguir dormir 5 ou 6 horas, depois do assunto arrumado;


  7. não fazes ideia do que o Cláudio Ramos disse hoje no "Fátima" mas consegues discorrer sobre todos os assuntos de trabalho, os problemas de saude dos patrões, e as tricas dos colegas;


  8. o último livro que te lembras de ter lido foi durante o Verão, debaixo de um sol abrasador (do qual agora só uma faixa nojenta branca na anca tens como recordação);


  9. a única musica que ouves é aquela deprimente que ouves no carro, a caminho do trabalho, a caminho de casa... Big girls don't cryyyyyyyyyyyyyyy! Argh.


  10. (...) *insert here whatever you think it is suitable*


Não são necessariamente cumulativas, mas se acumulas mais de duas... Well, welcome to my life!





8 comentários:

_+*A.Elite in Paris & Montpellier*+_ disse...

Estou de acordo com o 3 e o 5 para mim, mas nunca estou cansada para o 6 :)

Beijo meu,

A Elite

>> nim disse...

10. papas regularmente a programação de sábado e domingo de manhã na tv.

lamento desiludir-te, mas não pertenço à 'your life' :)

beijinhos!

Desvios disse...

Será que não padeço dessas condições por ter demasiado tempo livre, por me estar a cagar para tudo (menos o que realmente interessa, porque o que interessa é o que importa), ou ainda porque sou dotado de pénis e como tal todo esse tipo de problemáticas me é alheio?! Deixo isto à tua consideração mas tenho para mim que o teu problema é falta de endorfinas. Assim sendo de duas uma: ou fazes muitas vezes o que está no nº6, ou então desporto, cause endorphines make you happy when you're not (e estar feliz é estar contente como estar vivo é não estar morto)!!!!

misskitsch disse...

ah desvios... o que se passa é que, como bem observaste, és dotado de pénis. isso faz toda a diferença!!! isso retira a "costela" do drama queen a qualquer homem. eu, graças a Deus, sou como uma estrelita-ceguinha-à-procura-do-seu-marco-antónio-que-também-fica-cego-depois-de-comer-tudo-o-que-é-venezuelana-que-mexe-e-de-ser-espancada-pela-minha-avó-bruxa-só-para-descobrir-que-no-final-sou-podre-de-rica-mas-continuo-modestazinha-e-a-comer-churrasco-ao-domingo!


=D

_+*A.Elite in Paris & Montpellier*+_ disse...

Bom sabado e obrigada pela visita :)

Beijo meu,

A Elite

dennis disse...

Bem...

Tou no escritório a trabalhar, fiz a pausa habitué e decidi vir ler o seu (grande) blog.

Quem lê este texto até pensa que é verdade ó pá. Quem me dera que a minha vida, que não é miserável IMHO, fosse tão miserável quanto a tua... idiot! :)

Nota: Comecei esta posta a dizer "tou no escritório a trabalhar" e concluí a dizer "na minha opinião, a minha vida não é miserável"...

and I mean it! :D

Nota2: Também concordo com o Desvios. Não necessariamente quanto à falta de sexy time (isso só voce sabe), mas quanto ao facto de eu, e o caro desvios, enquanto seres dotados de dickies não conseguimos pensar sobre problemas inexistentes com um grau de profundidade como você, minha gaja, consegue!

"Dennis" :D hah disse...

E sim.

Agora assino dennis. Porque Dinis é um bocado básico. :)

Anônimo disse...

é tudo um problema das feromonas aposto! pesquisa na wiki.

dover*