terça-feira, 19 de fevereiro de 2008

Into the Wild ou um momento de lucidez tarde demais.


Não podia deixar de comentar este filme. Fui vê-lo no Sábado. Tinha ouvido algumas opiniões (obrigado Desvios) e ia muito pela banda sonora - eddie vedder rocks my lace panties! :)

Mas é muito bom. Francamente muito bom.

Não sou uma rapariga de choro fácil... quer dizer, sou, mas não em salas de cinema apinhadas de gente, e chorei. Sei lá... Sabem aqueles momentos de serendipity mas que chegam tarde demais?! É isto o filme.

É correr para ver!


Entretanto, queria agradecer os comentários (tirando aquele que diz que o meu post "A UEFA é sabedora"" era óptimo e devia ir para um site de desporto. Ora, isto vê-se logo que se ficou pelo título que, como alguns sabem, nunca bate com a perdigota no meu caso. Pfff. Ia eu escrever sobre futebol?! Pingolim é matraquilho.

Moving on... Os pageviews continuam a aumentar mas os comentários não condizem com tal. Portanto, gente da Católica que anda aqui a espiolhar (sim, eu sei quem são vocês), jorrem aqui todas as alarvidades que vos apetecer.


Ah, numa outra nota, o blog vai assim, como que a modos de, entrar numa fase de obras. O layout está fraquinho, fraquinho. So, bear with me, will ya?!

7 comentários:

Desvios disse...

Estas a ver!!! Se não fosse eu o que seria feito de ti?! (espera lá isto já parece um anuncio a produtos lacticíneos) Já sabes, próximo filme é o Juno!!! já o tenho em casa em dvd por isso, se não te apetecer ir para o cinema podes ver no quentinho!!!!!

Alter Ego disse...

Pimbolim, não Pingolim, como inoportunamente lhe chamaste...!

Sem mais nada

>> nim disse...

quero muito ver esse filme, mas não tenho tido tempo :/

beijinhos!

wednesday disse...

olá miss.

Parabéns pelo blog, acho que vou voltar... :)

O filme ainda não vi, gostava de ver. E à partida o que me chama mais também é a banda sonora. Ontem fui ao cinema, mas quem ia comigo não quis ver esse... Fica para depois.

kiss me disse...

Vai ser a minha próxima ida ao cinema!

Obrigada pela visita ao blog, irei passar aqui mais vezes!

Helena de Troia disse...

Tambem fui ver isso ontem e realmente é um filme um bocado atrufiado. Em termos de historia, e o facto de sabermos logo que é uma historia veridica, deixou-me logo um bocado incomodada. Houve muita gente que criticou a atitude dele (do homem veredadeiro) como burra, porque havia parques de salvamento mesmo pertissimo do sitio onde ele estava mas nunca saberemos realmente TUDO o que se passou na cabeça dele, e o quão fraco ele estava.

No fim da vida, mesmo antes de morrer, gostei especialmente dele dizer que descobriu o propósito da vida: "happiness only real when shared". É triste saber que ele estava pronto para partir quando viu que afinal não podia regressar porque tinha ficado la preso. Mato-me so de pensar na angustia por que aquele homem deve ter passado, a morrer aos poucos.. enfim..

Eu não chorei, mas tive la pouco!

Ruca! disse...

também já vi esse filme. a banda sonora já ouvi 50 vezes. excelente eddie. dps dum globo de ouro os engravatados da academia nem uma nomeação para o oscar lhe deram. grandes ordinários.

esse foi um dos filmes em que foi prejudicial a demasiada informação que já tinha sobre ele, antes de o ver. pelo que não me surpreendeu. mas é uma história bem contada e relativamente bem filmada.
a mensagem que fica é: se te queres armar em 'zé aventuras', tem cuidado com o que comes lá na 'wilderness'.
xau:) bj*