terça-feira, 24 de junho de 2008

Venha voar connosco!




Na TAP, quando alguns passageiros se sentem muito nervosos ou indispostos podem pedir uma garrafa de oxigénio e estar ali a apanhar uma grande moca o voo todo. Mas, na hora da aterragem, a garrafa é retirada porque *como facilmente podem perceber* se aquela merda salta, parte os c*rnos a alguém. Assim, bem fácil.
Num voo Paris-Lisboa, uma passageira francesa estava claramente bem mas apetecia-lhe ficar com uma tola provocada pelo oxigénio. Tudo bem. Mas, como manda o regulamento, a comissária de bordo pediu-lhe que lhe devolvesse a garrafa porque tinha de a arrumar. A francesa não quis. E a comissária, ao bom estilo tuga:
- Mme, ça n'est pas la maison de la joana. Vous avez maimmez la botteile. Tranquile!

Isto, garanto eu. Verdade.


*este não tem sido um mês particularmente fácil. desculpem pela minha falta de comentários ridiculos aos vossos blogues bem pensados. volto. assim que dê.*

7 comentários:

Ruca! disse...

ahahah muita bom. tap é a chelas das companhias aéreas. tranquile! :)*

juliette disse...

hahaha, garantes que é verdade? Mas é bem inacreditável.

Pulha Garcia disse...

Tap é classe, uma low coast avant la lètre e sem ser low coast.

Mas o que realmente me fez rir desta vez foi o vídeo "ai se fosse o meu"! A aproximação científica ao sexo anal! Dizer tudo aquilo sem se rir não é fácil!

>> nim disse...

ahahah... ao melhor estilo mário soares. muito bom!

Ele há horas assim... disse...

Lol...muito bom!
Obrigado por este momento e desculpa a invasão!

:)

Danilo Hadek disse...

essa eu não sabia... :)))

Blog Meio Aéreo

Bee. disse...

isso foi assistido pessoalmente ou contado por alguém de confiança? lol


BEIJO.