terça-feira, 13 de janeiro de 2009

Changeling - (não sei, não atino com este título)

Não é pela família Benetton. Não é pelo acatrefar de filhos debaixo do braço. Não é pelas tatuagens. Não é pelos lábios. Não é por ter-se atirado ao Brad com uma pinta do cacete, deixando a ex até hoje com uma depressão daquelas. Não é por supostamente ter comido (entenda-se comer pela arte de conviver debaixo dos lençóis) o irmão. Não é por ter facas e ter andado com um pingente com o sangue de um dos ex-maridos. Não é por agora ser boazinha e trabalhar para a ONU. Não é por estar dolorosamente magra.


É por isto, e mais nada, que ela merece a nomeação.

4 comentários:

Ruca! disse...

quando a personagem é bem construida, o argumento é bom e a direcçao é capaz, qq actriz supostamente de merda consegue fazer um papelão.

ainda n vi esse mas estou certo que vai mt bem, pois o clint ja provou ser um excelente director de actores e os filmes deles têm sempre personagens fortes.

e belo ano para o casal jolie-pitt, com os 2 a serem nomeados para os globos de ouro.

crème fraîche disse...

tenho isso cá por casa, mas ainda nãi vi tb.
o globo foi para a kate winslet, cujo filme tb não vi ainda!


*

Miss K. disse...

é verdade. é por isso mesmo.

Helena de Troia disse...

E mai nada!!!!!!!!! :)