segunda-feira, 18 de maio de 2009

Miss Kitsch: A Empregada Doméstica

Eu, que nem sequer gosto de comer sopas, estou feita a Rainha das Sopas! Ele é creme de coentros, sopa de agriões com hortelã. Sai um salmão em papelote, esparregado e umas batatas com limão. E, já que estás lançada, sai também uma tarte de maçã. Olha a máquina de lavar. Já acabou? Então, apanha aquela roupa e estende essa. E o cãozinho? Sim, sim, quatro vezes no mínimo há que ir à rua com o bichinho. Dobrar toalhas e arrumar? Um mimo! Apanha aqui. Ah, tens de comprar mais leite que já não há. Quebrar as costas a fazer camas. Ao mesmo tempo há que ir trabalhar fora de casa.

Mamãe já está em casa, é um facto. Proibidíssima de mexer uma palha. Outro facto é que eu ando irascível. Rosno ao ver uma colher abandonada no lava-loiças. Maldigo o mundo ao ver uma camisa pendurada na maçaneta da porta da casa de banho. Mordo sempre que vejo o tapete torto. Estes dias de felicidade doméstica estão a tornar-me na mais insuportável das cabras, daquelas que dizem: olha lá os pézinhos que eu não passei o dia inteiro a limpar isto para me vires agora dar cabo de tudo.

Os melhores dias da semana? Terça e Sexta, que são os dias em que a legítima empregada doméstica/auxiliar do lar/fada/a minha heroína vem. Abençoada!








13 comentários:

Cat disse...

Ahahah, aposto que agora dás mais valor à tua mãe ;P

becodosprazeres disse...

nestas coisa mais vale ser a nossa própria empregada. afinal não se rosna a nós mesmas e tudo que passe do aquecer no micro ondas é ter jeito para a cozinha logo está fora de questão :P as melhoras para a mami*

Piston disse...

Aguenta e não chora.

akacorleone disse...

hahah, preciso dum workshop desses, tou num nivel de low life tao elevado, já sou desarrumado por natureza, mas ando a bater recordes ultimamente...

desvios (o maior da sua aldeia) disse...

A continuar assim tornas-te em material de casório pa!!!! :P

Ruca! disse...

estás a fazer-te uma mulher à antiga portuguesa.

Maria Inês disse...

boa sorte... ;p

James Lewis disse...

É do modo que referes, que a vida de uma mulher crescida se processa.

Vê o lado positivo da "coisa": ao não faltares aos treinos, deste o primeiro passo! (agora, o céu é o limite)

:o)

Dezperado disse...

Eu conheço um rapaz que tu tambem conheces, que é menino para ter varias camisas penduras, nao nas maçanetas das portas, mas sim na caminha :D

A parte das colheres em cima do lava loiças, nem me vou dar ao trabalho de falar sobre elas :D

Nuno Andrade Ferreira disse...

Ah e tal... agarra-te aos tachos que só te faz bem. Eu aqui tenho uma senhora para fazer isso... todos os dias. Gente fina, no fundo.

A Rainha disse...

és o sonho de qualquer homem! e mulher! que alguém como tu para me arrumar a casa fazia falta :P Daqui a nada a tua mãe já volta às suas funções ;)

disse...

Iris, gostava de te ver com uma fatiota como a da menina na imagem.
Gostava mesmo.


*

Leila* disse...

welcome to my life!! Mas no meu caso não há mulher da limpeza... e agora com a casa nova ai de quem sujar o tapete :P:P

As melhoras da mãe**